Impressões ao volante / Renault

Impressões: o guerreiro Renault Sandero Authentique

No concorrido segmento de modelos até R$ 40 mil, o Renault Sandero 2016 aposta no custo-benefício de sua versão de entrada, a Authentique. Em sua segunda geração, o hatch recebeu formas mais robustas e modernas, acentuadas pela grade que se funde aos faróis, pelas aberturas do para-choque dianteiro em formato de colmeia e pelas lanternas ousadas. As rodas de aço aro 15”, com calotas “Fuego” e pneus 185/65, são das mesmas dimensões das outras versões, fator que garante proporcionalidade quando visto de lado.

O Sandero Authentique traz direção hidráulica com regulagem de altura do volante, ar-condicionado, banco traseiro rebatível, alerta sonoro de luzes acesas, luz indicadora de porta aberta, desembaçador, limpador e lavador traseiro (acionado junto com o dianteiro, ao acionar a ré), espelho para o para-sol do passageiro, kit de antena e cabos para instalação do som (com opções de sistemas de som como acessório nas concessionárias), tomada de 120 Watts/12 Volts, dois porta-copos dianteiros, porta-objetos nas portas, nicho frontal para smartphones, airbags frontais com duplo estágio de abertura (a depender da severidade da colisão), freios ABS, regulagem de altura dos cintos dianteiros e, como opcionais, vidros dianteiros elétricos e travas elétricas acionadas a 7 km/h.

A chave conta com botões de travamento (onde as luzes de seta piscam duas vezes) e destravamento (a seta é ligada uma vez). O som de alarme é o da própria buzina, acionada intermitentemente por 30 segundos.

O display do quadro de instrumentos exibe hodômetro total, parcial e horário. Além do conta-giros, há a luz indicadora de troca de marcha para melhorar o aproveitamento do motor. Também existe uma luz que indica a necessidade de se abastecer o reservatório de partida a frio.

O espaço interno do Sandero permite acomodar cinco adultos, com bom espaço para cabeça e pernas. De seus 4,06 metros de comprimento, são destinados 2,59 metros à distância entre-eixos. O porta-malas de 320 litros também se sobressai em seu segmento, podendo ser aberto por uma alavanca no piso, próxima ao motorista, ou inserindo a chave. Traz ganchos na parte rígida superior e revestimento de carpete. Abaixo do forro está o estepe, com as mesmas especificações dos outros quatro pneus. E além disso, é possível rebatê-lo, ampliando esta capacidade para 1196 litros. Com capacidade de 50 litros, o tanque de combustível tem tampa aberta por alavanca interna.

O motor 1.0 16 válvulas Hi-Power gera 77 cavalos e 10,2 kgfm de torque com gasolina, ou 80 cv a 6000 rotações por minuto e 10,5 kgfm a 4250 rpm utilizando etanol. Abastecido com o combustível de origem vegetal, o Sandero alcança 8,1 km/l na cidade e 9,2 km/l na estrada; já com gasolina, os resultados de 11,9 km/l na cidade e 13,4 km/l na estrada lhe renderam nota A no Programa de Etiquetagem Veicular do Inmetro.

O câmbio de 5 marchas lembra outros modelos manuais da Renault e Nissan, com bons engates. Em nosso teste, o Sandero passou por uma cidade de piso bastante acidentado, com pedras, desníveis e muitos galhos secos em toda a sua extensão. Ainda assim, o Renault foi valente e aguentou todo o percurso. A direção permite manobras com precisão.

O Sandero Authentique está disponível nas cores Branco Neige, Vermelho Vivo (sólidas), Vermelho Fogo, Prata Étiole (modelo das imagens), Preto Nacré, Cinza Acier e Azul Techno (tonalidades metálicas). Destaque para a garantia de 3 anos/100 mil quilômetros rodados, 6 anos de garantia anticorrosão, bom índice de reparabilidade e custos de manutenção competitivos, na rede de mais de 280 concessionárias da Renault.

 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.