Chevrolet / Mercado

Chevrolet S10 completa 20 anos de liderança entre as picapes médias

A Chevrolet S10 alcança seu vigésimo ano na liderança de seu segmento, o das picapes médias. Este ano, foram mais de 33.300 unidades emplacadas, resultado obtido graças à sua confiabilidade e ampla gama de combinações, que abrangem desde os produtores rurais e empreendedores que a utilizam como ferramenta de trabalho até quem pretende utilizar a picape na cidade, desfrutando de mais sofisticação.

São 18 opções, podendo-se escolher três tipos de carroceria (Chassi Cabine, cabine simples e cabine dupla), três tipos motorização (2.4 Flex de 147 cv com etanol, 2.5 Flex com injeção direta de combustível de 206 cavalos com etanol e 2.8 Turbodiesel com 200 cv), três de transmissão (manual de 5 marchas, manual de 6 marchas e automático de 6 marchas), duas de tração (4×2 e 4×4 com seletor eletrônico) e seis versões de acabamento (LS, LT, LTZ, Advantage, Freeride e High Country).

A S10 oferece diversos itens de comodidade como ar-condicionado digital, computador de bordo, volante multifuncional, sensor de estacionamento traseiro, controlador de velocidade de cruzeiro e sistema multimídia MyLink com GPS, DVD e câmera de ré integrados.

No quesito segurança, conta com controles eletrônicos de estabilidade e de tração, assistente de partida em aclive, controle de velocidade em declive, freios ABS com distribuição de frenagem (EBD), cintos de segurança traseiros retráteis de três pontos, alarme de não afivelamento do cinto de segurança e airbags frontais.

Na versão High Country, há bancos com forração em dois tons (marrom Brownstone e preto Jet Black), costura pespontada e descansa braço traseiro, além da regulagem elétrica de altura, distância e inclinação do banco do motorista.

Lançada em março de 1995 como a primeira picape média nacional, a S10 já ultrapassou a marca de 600 mil unidades emplacadas. Em outubro daquele ano, chegava a versão cabine estendida e o motor Maxion HST 2.5 turbodiesel. Já em 1996, a S10 ganhou a opção de motorização 4.3 V6.

Dois anos mais tarde, foi a vez de receber cabine dupla com 4 portas e tração 4×4. No ano de 1999, houve uma reestilização frontal, com para-choque e grade redesenhados; além disso, a picape ganhava a versão topo-de-linha Executive. Em 2000, a S10 turbodisel passa a adotar o motor MWM Sprint 2.8; seis meses depois chega a série especial S10 Barretos, em homenagem ao maior rodeio do país.

No ano de 2001, a S10 ganhou novo visual externo, modificações no interior e na motorização –o propulsor 2.2 é substituído pelo 2.4, que se tornou Flexpower em 2007, a primeira a poder ser abastecida com gasolina e etanol em seu segmento. Em meados de 2008, a S10 passa por mais uma atualização leve, com mudanças na parte externa e interna.

Já em 2012, a picape passa por uma atualização completa, ganhando novo motor 2.8 Turbodiesel, que passou por aprimoramentos técnicos em 2013, passando de 180 cv para 200 cavalos, além de receber a central multimídia MyLink. A novidade para 2014 foi o motor 2.5 Ecotec com injeção direta de combustível e 206 cavalos, e novo ajuste da suspensão, além de melhorias de acabamento e isolamento acústico. No ano de 2015, a S10 passou a contar com quatro novas versões: Advantage, Freeride, Chassis Cab e a luxuosa High Country.

 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.