Futuro / Lançamentos / Nissan

Funcionários da Nissan aprimoram habilidades para produção do Kicks no Brasil

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on TumblrEmail this to someonePrint this page

A equipe de operadores e especialistas do Complexo Industrial da Nissan está na reta final para a produção do crossover compacto da marca, o Nissan Kicks, que passa a ser fabricado em breve em Resende, no Rio de Janeiro. Com avançada tecnologia embarcada e uma ampla gama de sistemas de segurança que compõe o conceito da Mobilidade Inteligente da Nissan, o Nissan Kicks exige uma preparação extra do time de especialistas da fábrica brasileira.

Por isso, mais de 700 funcionários já receberam treinamentos específicos sobre o novo modelo e suas características especiais como o sistema de Câmera 360° com imagem integrada ao display do rádio, o Detector de Objetos em Movimento, os Controles Dinâmico do Chassi e Dinâmico em Curvas, o Estabilizador Ativo de Carroceria e o Controle Dinâmico de Freio Motor. O vice-presidente de Operações de Manufatura da Nissan para a América Latina, Hitoshi Mano, explica que “a fase de preparação é fundamental para garantir a perfeita qualidade de fabricação. Por isso enviamos especialistas para nossas fábricas do Japão e México, para que pudessem absorver todo o know-how na montagem e nos processos de manufatura e executar com perfeição as atividades em Resende”.

“Operadores, especialistas e engenheiros que lideram o processo de montagem dos veículos foram treinados na fábrica de Aguascalientes no México, além dos treinamentos no Global Pilot Line, o centro piloto de linhas de produção da Nissan, na planta de Oppama, em Yokosuka, no Japão, local onde os processos de fabricação são definidos e simulados antes dos projetos virarem realidade”, explica Sérgio Casillas, diretor de Operações de Manufatura da fábrica da Nissan de Resende.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on TumblrEmail this to someonePrint this page

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.