Ford / Kia / Mercedes-Benz / Toyota

Conheça 5 carros que não vendem nada no Brasil

Estes carros são um pesadelo para revendas e concessionárias de todo o Brasil. Com pouca demanda, baixa rotatividade de estoque e procura reduzida também no mercado de seminovos, conheça os 5 carros que não vendem nada no nosso país:

Toyota Camry

O sedã executivo da Toyota teve apenas 9 (isso mesmo, nove) exemplares vendidos no Brasil ao longo do ano de 2022, mesmo tendo sido apresentado no mercado brasileiro com novidades em maio deste ano. O péssimo resultado em vendas deixa o Camry na 211ª posição do ranking dos automóveis mais vendidos do Brasil, entre todos os 263 veículos disponíveis nacionalmente. Só para comparar: o Audi A5 Sportback, do mesmo segmento, vendeu 24 vezes mais do que o Toyota.

Mercedes-Benz Classe A Sedan

O derivado sedã do Classe A também vai muito mal nas vendas aqui no Brasil. Somente 11 exemplares do modelo foram adquiridos no Brasil entre janeiro e setembro de 2022. Para efeitos de comparação, o seu arquirrival Audi A3 Sedan vendeu 34,5 vezes mais!! A Mercedes-Benz deixou de fabricar automóveis de passeio no Brasil, e com isso toda a linha Classe A ficou pouco competitiva no mercado, com preços elevados demais e sem diferenciais de conteúdo que justificassem os valores muito acima dos rivais diretos.

Ford Territory


Um fracasso comercial desde o seu lançamento, ocorrido em 2020, o Ford Territory teve apenas 791 exemplares vendidos em todo o ano de 2022. Dentro do segmento de SUVs médios, é um número ridículo: o líder do segmento teve 45.659 unidades emplacadas entre janeiro e setembro deste ano. Com pouca publicidade, porta-malas pequeno e conjunto mecânico apagado, o Territory também foi penalizado pelo erro de estratégia da Ford, que tinha exibido o modelo no Salão do Automóvel de São Paulo em 2018, porém só iniciou as suas vendas em meados de 2020, em uma das fases mais difíceis da pandemia do coronavírus.

Kia Stonic


Se o Ford Territory já decepciona com suas 791 unidades vendidas em nove meses, o que dizer do Kia Stonic, que vendeu ainda menos? Mesmo estando em uma faixa de mercado inferior e sendo mais barato, o crossover da Kia só teve 711 exemplares comercializados em todo o território brasileiro no ano de 2022. O público em geral vê o Stonic e não enxerga nada muito diferente do Kia Rio, hatch que começou a ser comercializado no início de 2020 mas deixou de ser importado em 2021.

Toyota SW4


O utilitário derivado da Hilux sofre no mercado de usados por não representar uma alternativa vantajosa atualmente. A Toyota promoveu diversas alterações no modelo de 2020 até hoje. Os valores de exemplares usados ficam próximos dos preços de unidades zero-quilômetro, fazendo com que a procura por estas unidades seja muito reduzida. Em 2021, o SW4 perdeu a versão com motor 2.7 Flex, o que jogou os preços destes exemplares usados lá para baixo. Além disso, exemplares anteriores ao ano-modelo 2021 não dispõem de itens como alerta de colisão frontal, frenagem autônoma de emergência e controlador de velocidade e de distância do veículo à frente, o que faz com que estas unidades sejam pouco atrativas no mercado de seminovos.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.